Associação Recovery IPSS

REMODELAR E EQUIPAR DUAS UNIDADES DE CUIDADOS INTEGRADOS DE SAÚDE MENTAL NA INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA


VALOR ATRIBUÍDO
49.854,76€

B.I.
A Associação Recovery IPSS presta cuidados de saúde mental e procura intervir publicamente na defesa da dignidade, respeito, direitos e qualidade de vida de pessoas com doença mental e seus cuidadores informais. É a primeira IPSS no país com contratos ou acordos de cooperação firmados com duas Unidades de Cuidados Continuados Integrados de Saúde Mental na Infância e Adolescência, uma de internamento (RTA) e outra do tipo hospital de dia (USO), que servirão toda a zona geodemográfica da Administração Regional do Norte do país, não existindo qualquer outra resposta adequada a este público-alvo e seus familiares/cuidadores informais.

O desafio
A Recovery IPSS pretende aumentar a sua capacidade de resposta em 200% e para isso necessita de apoio financeiro para o seu investimento nas duas Unidades de Cuidados Continuados Integrados de Saúde Mental na Infância e na Adolescência para complementar os custos de funcionamento que já estão assegurados pelos acordos de cooperação com o Ministério da Saúde e com o Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social.

A solução
A solução passa por realizar obras de remodelação e equipar as duas Unidades de Cuidados Continuados Integrados de Saúde Mental na Infância e Adolescência, com equipamentos materiais e tecnológicos para garantir uma melhor prestação de serviços.

Como o Prémio Fidelidade vai contribuir
O apoio financeiro do Prémio vai contribuir para as obras de remodelação e equipamento das duas Unidades de Cuidados Continuados Integrados de Saúde Mental na Infância e na Adolescência.

Resultados e impactos esperados com o apoio
– Desenvolvimento de programas de reabilitação psicossocial e terapêutica para crianças e adolescentes com idades entre os 11 e os 17 anos de idade, com perturbação mental grave e reduzido ou moderado grau de incapacidade psicossocial, clinicamente estabilizados.
– Desenvolvimento de programas para crianças e jovens com processos de promoção e proteção decorrentes de CPCJ e de Equipas. Multidisciplinares de Assessoria aos Tribunais, com incidências multiproblemáticas decorrentes de problemas com negligência, maus-tratos, abusos e carências sócioeconómicas, num total de cerca de 200 beneficiários do projeto.
– Desenvolvimento de programas com famílias/cuidadores informais, nomeadamente com agregados familiares em situação de desvantagem social e económica.